Em quem não devo votar em 2018 – Rodrigo Maia

Apesar da nacionalidade brasileira, Rodrigo Maia nasceu em 1970 na capital do Chile, Santiago. É filho do político de longa data, César Maia, que já foi prefeito e vereador do Rio de Janeiro e também deputado federal. Rodrigo Maia não passou por cargos menores até chegar à Câmara dos Deputados em 1999, o que normalmente acontece. Há quase 20 anos como deputado federal, o pré-candidato do … Continuar lendo Em quem não devo votar em 2018 – Rodrigo Maia

OPS faz +1 deputado devolver dinheiro ao erário

  O deputado Zeca Cavalcanti (PTB-PE) está devolvendo aos cofres da Câmara os R$ 66,5 mil de verba pública que utilizou no aluguel de um imóvel que pertence ao seu sogro. A Câmara obrigou o parlamentar a ressarcir o gasto com a chamada cota para o exercício da atividade parlamentar (Ceap) usada por ele na locação de uma casa em Arcoverde (PE), reduto eleitoral do … Continuar lendo OPS faz +1 deputado devolver dinheiro ao erário

Fiscalização Colaborativa 2

No dia 19 de maio foi lançada pela OPS a Fiscalização Colaborativa, ação que convidou cidadãos para ajudar na auditoria de 87 despesas realizadas por deputados federais com dinheiro da verba indenizatória, especialmente com locação de aeronaves. Ouça o vídeo Assista ao vídeo no Youtube O prazo dado a cada colaborador se esgotou em 30 de junho, porém nem todos puderam enviar seus pareceres. Entretanto, dos … Continuar lendo Fiscalização Colaborativa 2

Abelardo Camarinha, um velho conhecido da OPS terá que se ver com a Justiça “de novo”

Desde o ano de 2013 (veja um dos vídeos) eu já denunciava este ex-deputado federal e atual deputado estadual de São Paulo, Abelardo Camarinha. A farra que ele fazia com dinheiro da maldita verba indenizatória chamava a atenção, tanto pelas empresas contratadas e que não pareciam existir, como a contratação de sua própria empresa para receber dinheiro público, o que não é permitido. Para a sorte … Continuar lendo Abelardo Camarinha, um velho conhecido da OPS terá que se ver com a Justiça “de novo”

Deputado comunista usa dinheiro público para custear despesas de seu partido

O deputado Moisés Diniz, do PCdoB do Acre utiliza irregularmente sua maldita Verba Indenizatória. Como você sabe, a maldita só pode ser utilizada para bancar despesas exclusivas de atividades parlamentares, mas o Moisés-comunista resolveu afagar seu partido bancando o aluguel de um imóvel na capital do Acre, Rio Branco, para sediar o diretório estadual da sigla. Moisés-comunista já usou R$ 45 mil do nosso dinheiro … Continuar lendo Deputado comunista usa dinheiro público para custear despesas de seu partido

Congresso gasta com cotão em 2016 o equivalente a sete anos de salário do conjunto dos senadores

Parlamentares gastaram juntos R$ 235 milhões da verba indenizatória em 2016, o equivalente a mais de 250 mil salários mínimos ou a sete anos de salário dos 81 senadores. O montante também corresponde ao pagamento dos salários dos 513 deputados por quase 14 meses. Trata-se de um recurso público a que cada congressista tem direito para ressarcimento de despesas feitas em razão de atividade inerente ao exercício do … Continuar lendo Congresso gasta com cotão em 2016 o equivalente a sete anos de salário do conjunto dos senadores