Sem mandato, sem foro privilegiado

A Operação Lava Jato está chegando a quatro anos de existência, e ainda deverá seguir por muito tempo. Em Curitiba e no Rio de Janeiro se concentram as principais ações da operação na primeira instância. Os números, apesar de estarrecedores, nos dão um certo sentimento de que a justiça está sendo feita. Das 97 denúncias apresentadas no Paraná e no Rio, 423 pessoas foram denunciadas … Continuar lendo Sem mandato, sem foro privilegiado

Em quem não devo votar em 2018 – Paulinho da Força

Paulo Pereira da Silva, mais conhecido como Paulinho do Força é deputado federal eleito por São Paulo. Nascido no interior do Paraná, Paulinho foi morar em São Paulo onde se tornou metalúrgico e posteriormente membro da Força Sindical, sindicato que exerce a presidência. É ainda presidente nacional do partido Solidariedade. Paulinho da Força tentou ser vice-presidente do Brasil em 2002 na chapa encabeçada por Ciro … Continuar lendo Em quem não devo votar em 2018 – Paulinho da Força

Fiscalização Colaborativa 2

No dia 19 de maio foi lançada pela OPS a Fiscalização Colaborativa, ação que convidou cidadãos para ajudar na auditoria de 87 despesas realizadas por deputados federais com dinheiro da verba indenizatória, especialmente com locação de aeronaves. Ouça o vídeo Assista ao vídeo no Youtube O prazo dado a cada colaborador se esgotou em 30 de junho, porém nem todos puderam enviar seus pareceres. Entretanto, dos … Continuar lendo Fiscalização Colaborativa 2

Devolução de milhares de reais ao erário e denúncias de políticos no MPF marcaram o trabalho da OPS ao longo de 2017

A OPS vem trabalhando incansavelmente na fiscalização de contas públicas, divulgação de dados relevantes à sociedade brasileira e em denúncias contra agentes públicos no Ministério Público. Já fizemos muito, mas queremos fazer ainda mais. Continuar lendo Devolução de milhares de reais ao erário e denúncias de políticos no MPF marcaram o trabalho da OPS ao longo de 2017

O pior e mais caro Estatuto do Idoso; e é pago com dinheiro público

  Convido você a conhecer o pior e mais caro Estatuto do Idoso que infelizmente é pago com dinheiro público. Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP) é deputado federal que exerce seu oitavo mandato (sim, eu disse 8º mandato). No uso de sua maldita verba indenizatória, Faria de Sá já torrou R$ 1,6 milhão apenas para divulgar o seu mandato, e a forma encontrada para divulgá-lo … Continuar lendo O pior e mais caro Estatuto do Idoso; e é pago com dinheiro público

R$800 mil para alugar aviões. Sabe quem está pagando?

Diferentemente do que determina a Lei Federal Nº 8.666/90, a maldita verba indenizatória é utilizada de maneira “bem diferente”. Basta que o parlamentar apresente a nota ou recibo da despesa que ele é ressarcido. E é dessa forma que pagamos pela locação de aeronaves sem que saibamos quem são os passageiros e nem mesmo qual o motivo das viagens Este é Átila Lins (PSD-AM), deputado … Continuar lendo R$800 mil para alugar aviões. Sabe quem está pagando?