No atual mandato, deputados já consumiram o equivalente a 5 milhões de litros de gasolina

Desde o início da atual legislatura até a primeira quinzena de setembro de 2020, deputados federais gastaram R$ 21,9 milhões com combustíveis e lubrificantes, valor suficiente para adquirir 5 milhões de litros de gasolina, se considerado o preço médio praticado hoje em Brasília. Pago pelo contribuinte, o gasto é legal e está previsto nas regras da Câmara que garante a cada parlamentar o valor de … Continuar lendo No atual mandato, deputados já consumiram o equivalente a 5 milhões de litros de gasolina

Operação Advogado do Diabo tem início

O Instituto OPS iniciou neste dia 12 a Operação Advogado do Diabo, que vai levantar os nomes dos deputados e senadores que contratam seus advogados particulares para realizarem serviços de consultoria e que são pagos com dinheiro público. Não há impedimento previsto na Câmara ou Senado, no entanto, a escolha do advogado que representa o político na Justiça para receber dinheiro público por serviços prestados … Continuar lendo Operação Advogado do Diabo tem início

Câmara gasta R$ 16,8 milhões com despesas questionadas pelo TCU

Ao invés de ler, assista ao vídeo. A Câmara dos Deputados gastou R$ 16,8 milhões em 2019 para a contratação de serviços de consultoria e assessoria, um tipo de despesa que foi, em recente acórdão, duramente criticada pelo Tribunal de Contas da União que a considerou desnecessária e recomendou também ao senado que “revejam a manutenção de cotas destinadas ao ressarcimento de despesas com consultorias, … Continuar lendo Câmara gasta R$ 16,8 milhões com despesas questionadas pelo TCU

Sem prestação de contas, verba indenizatória no Mato Grosso poderá ser considerada inconstitucional

O Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) decidirá hoje, às 14h horário local, se o pagamento de verba indenizatória a vereadores de Cuiabá é constitucional. Criada pela Lei 5826/14, vereadores passaram a ter direito ao valor equivalente a 75% da VI (verba indenizatória) paga aos deputados da assembleia legislativa do estado sem que para isso tenham que prestar contas. Vereadores, cuja verba é de … Continuar lendo Sem prestação de contas, verba indenizatória no Mato Grosso poderá ser considerada inconstitucional

Os 10 mais gastões da Câmara na legislatura passada

Conheça os dez deputados que mais gastaram dinheiro público da maldita verba indenizatória na legislatura anterior (2015-2019). R$ 894 milhões de dinheiro público foram despendidos para que os 513 deputados eleitos e os 110 suplentes que exerceram mandato entre fevereiro de 2015 e janeiro de 2019 pudessem bancar despesas com locação de aviões, barcos, automóveis, contratação de empresas de consultoria e mais uma extensa lista … Continuar lendo Os 10 mais gastões da Câmara na legislatura passada

A semana em minutos

A semana em minutos, de 25nov a 1ºdez de 2018

No resumo de notícias políticas da semana, três municípios brasileiros tiveram que escolher novos prefeitos, pois os anteriores tiveram seus mandatos cassados. O aumento salarial dos ministros do STF e o fim do “auxílio-mansão”, decisão de Luiz Fux que tá dando o que falar. A mudança da embaixada em Istael de Tel Aviv para Jesuralém é confirmada pelo filho de Jair Bolsonaro, mas ele não … Continuar lendo A semana em minutos, de 25nov a 1ºdez de 2018

Deputados do Amapá são suspeitos de superfaturamento de locações de imóveis pagos com dinheiro público

A verba indenizatória dos deputados André Abdon e Vinícius Gurgel está bancando locações de imóveis em valores superiores aos praticados nas cidades onde se encontram. Há também possíveis irregularidades na utilização desses imóveis Continuar lendo Deputados do Amapá são suspeitos de superfaturamento de locações de imóveis pagos com dinheiro público