Bolsonaro na mira da PF no caso Covaxin


A negociação do governo para a compra da vacina Covaxin será investigada pela Polícia Federal, que instaurou inquérito para apurar a suspeita de prevaricação de Jair Bolsonaro.

O inquérito se baseia nas afirmações do deputado federal Luis Miranda (DEM-DF), que diz ter avisado o presidente sobre irregularidades nas tratativas e as pressões que seu irmão, servidor do Ministério da Saúde, teria sofrido.

A apuração vai buscar saber se ele foi de fato informado e se tomou medidas.

A ministra do STF Rosa Weber foi quem cobrou a atitude da PGR após a notícia-crime apresentada ao Supremo por três senadores.

A prevaricação é um tipo criminal em que o agente público deixa de agir ou retarda a ação para satisfazer interesses pessoais.



Categorias:Política

Tags:, , , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: