Dep. Charles Fernandes (PSD-BA) restituiu o erário em R$ 25 mil após ser obrigado pela OPS


O deputado federal Charles Fernandes (PSD-BA) é um dos investigados na Operação Tanque Furado e, além de ser um dos parlamentares que abasteceram carros dezenas de vezes em um só dia com recursos públicos, o posto escolhido pertence ao irmão.

Regras da Câmara não permitem que a verba indenizatória banque despesas contraídas de empresas que pertençam ao próprio deputado ou a algum parente seu de até terceiro grau, razão pela qual o Instituto OPS acionou a Câmara em janeiro desse ano para apuração do caso.

Questionado, o parlamentar argumentou que o posto havia sido arrendado e que não teria, dessa forma, beneficiado o irmão, solicitando que o processo fosse arquivado. No entanto, a Diretoria Geral da Câmara considerou que mesmo existindo o arrendamento, a propriedade do posto continua sendo do irmão do parlamentar.

Sem mais argumentos, o parlamentar tentou parcelar em 10x sem juros o débito de R$ 25.383,78, porém, por regra interna, em casos assim, a parcela não pode ser inferior a 10% do subsídio do parlamentar, hoje no valor de R$ 33.763,00.

Dessa forma, ficou acordado o desconto em folha de 7 parcelas de R$ 3.626,25.

Com mais este valor recuperado, o Instituto OPS contabiliza R$ 6.247.988,23 de economia proporcionada ao erário sem, contudo, gastar ou receber um só centavo do poder público.

Todo o trabalho desenvolvido pelo instituto é voluntário e sua sobrevivência depende de doações. Seja um doador OPS.



Categorias:Política

Tags:, , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: