Mais de cem boletos de Flávio Bolsonaro foram pagos em dinheiro vivo. Total chega a R$ 260 mil.


O Ministério Público do Rio (MP-RJ) rastreou pagamentos de plano de saúde e mensalidades escolares das filhas de Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) e encontrou mais de cem boletos, que somados chegam a R$ 260 mil, todos pagos em dinheiro vivo.

No levantamento, o MP-RJ verificou que os pagamentos não correspondem à movimentação bancária do político e de sua esposa, Fernanda Bolsonaro.

A investigação, que prendeu ontem Fabrício Queiroz, apura o suposto esquema de “rachadinha” na Alerj (Assembleia Legislativa do Rio).

De acordo com a investigação, Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio preso ontem em Atibaia (SP) e apontado como o suposto operador do esquema, fez pagamentos com dinheiro vivo de ao menos dois boletos escolares das filhas do político em 1º de outubro de 2018 nos valores de R$ 3.382 e R$ 3.560.

As informações constam nos documentos judiciais que embasaram o decreto assinado pelo juiz Flávio Itabaiana de Oliveira Nicolau, da 27ª Vara Criminal do Rio, de prisão preventiva de Queiroz.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.