Cloroquina está fora da lista da OMS para tratamentos de Covid-19


A Organização Mundial da Saúde (OMS) retirou a cloroquina da lista de drogas que seriam testadas para tratamento da Covid-19, no programa internacional Solidarity.

Estudo com dados de 96 mil pacientes publicado na sexta, 22, indicava que as duas drogas, hidroxicloroquina e cloroquina, estavam relacionadas a maior mortalidade.

Defendido pelo presidente Bolsonaro, o uso da droga agora faz parte do novo protocolo do Ministério da Saúde que passou a permitir seu uso também por pacientes com sintomas leves do novo coronavírus. Até então, a permissão era para pacientes graves e críticos e com monitoramento em hospitais.

Leia a matéria completa aqui.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.