App que custará R$ 10 milhões ao governo do RJ é questionado no TCE pelo Instituto OPS


O Insituto OPS encaminhou representação ao Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro (TCE-RJ) pedindo a suspensão do pagamento de R$ 10 milhões que o estado pretende desembolsar para a criação de um aplicativo que fornecerá informações a respeito do “combate à pandemia de coronavírus no estado”.

O site O Antagonista publicou matéria sobre o assunto no dia 3 e hoje, 4, o Instituto OPS, após descobrir que o estado do Paraná possui um aplicativo similar e que o desenvolvimento de algo parecido custaria uma pequena fração dos R$ 10 milhões, encaminhou a representação à presidente do TCE-RJ, Conselheira MARIANNA MONTEBELLO WILLEMAN e ao Procurador-Geral Dr. SERGIO PAULO DE ABREU MARTINS TEIXEIRA.

A resolução que autorizou a criação do app no Rio de Janeiro foi publicada no Diário Oficial do Rio de Janeiro no último dia 27 e pode ser lido na página 9.

O Instituto OPS se dedica a fiscalizar gastos públicos e a monitorar destinações de verbas públicas que fogem à razoabilidade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.