O deputado federal Boca Aberta enviou um projeto de lei (PL 582/2020) para a Câmara dos Deputados considerado, no mínimo, polêmico. No PL, o parlamentar sugere a “amputação das mãos de político condenado por crime de corrupção contra o patrimônio público, desde a condenação até o trânsito em julgado”.

– O Brasil é o único país do mundo que não tem absolutamente nenhum político preso (ou apenas um) por corrupção – observa Boca Aberta.

A punição seria aplicada a políticos condenados por crimes relacionados a “abuso do poder econômico ou político; contra a economia popular, a fé pública, a administração pública e o patrimônio público, lavagem ou ocultação de bens”, entre outros.

Se aprovada, a lei valerá para todos os políticos do país, dos vereadores ao presidente da República.

O projeto prevê ainda que o Sistema Único de Saúde (SUS) será o responsável por realizar a amputação dos membros.