Horas depois de ser publicada matéria que mostra que o deputado Pedro Kemp (PT-MS) pagou bebidas alcoólicas com dinheiro público, o parlamentar publicou uma nota de esclarecimento dizendo que vai reparar o erário.

Este é mais um caso descoberto pelo Instituto OPS que trabalha a quase sete anos fiscalizando contas públicas, gerando um engajamento de cidadãos à causa da fiscalização dos gastos públicos, além de uma economia aos cofres da nação que se aproxima a R$ 6 milhões.

Leia a nota de esclarecimento:

“Ao tomar conhecimento da veiculação de matéria jornalística pelo site Congresso em Foco, após a ONG Operação Política Supervisionada (OPS) apontar irregularidade na minha prestação de contas referente à verba indenizatória do mês de janeiro de 2017, esclareço que conferi a nota fiscal de refeição que foi questionada e reconheço que, de fato, houve erro da parte de nosso gabinete por não ter excluído os valores referentes a bebidas alcoólicas do pedido de ressarcimento. Informei ao site Congresso em Foco que tenho tido o cuidado de subtrair despesas com bebidas alcoólicas das notas fiscais de refeição que entrego à Assembleia, porém os valores da nota questionada passaram desapercebidos pela nossa assessoria e pela auditoria da Casa. Sendo assim, já solicitei à tesouraria da Assembleia o valor do ressarcimento, a fim de proceder a devolução do mesmo.
Sempre primei pela lisura e correção nos gastos do dinheiro público. Considero salutar e absolutamente necessário o controle pela sociedade dos agentes públicos e permaneço à disposição de todos para maiores esclarecimentos.
Pedro Kemp (PT)”