Os 10 mais gastões da Câmara na legislatura passada


Conheça os dez deputados que mais gastaram dinheiro público da maldita verba indenizatória na legislatura anterior (2015-2019).

R$ 894 milhões de dinheiro público foram despendidos para que os 513 deputados eleitos e os 110 suplentes que exerceram mandato entre fevereiro de 2015 e janeiro de 2019 pudessem bancar despesas com locação de aviões, barcos, automóveis, contratação de empresas de consultoria e mais uma extensa lista de despesas que podem ser pagas sem que o contribuinte, necessariamente, fique sabendo.

Na 54ª Legislatura (2011~2015), deputados gastaram juntos R$ 753 milhões da verba indenizatória contra R$ 894 milhões da legislatura passada. São R$ 140 milhões a mais, o suficiente para adquirir 886 ambulâncias ou manter por 1 ano, 3.130 alunos no ensino público fundamental.

Apesar dos valores astronômicos e das relaxadas regras que dão acesso ao milionário fundo, utilizar este generoso recurso financeiro não faz dos deputados listados abaixo, políticos que praticaram ilicitudes.

O cotão

Para usar a verba indenizatória, recurso público destinado ao custeio exclusivo de despesas de mandato, o deputado não precisa sequer apresentar três propostas para comprovar que a aquisição feita por ele é mais a vantajosa, seja pelo menor preço, seja pela melhor qualidade do produto ou serviço.

A única obrigação que o parlamentar tem é a de apresentar a nota fiscal à Câmara e assinar um termo de responsabilidade afirmando que a despesa foi devidamente quitada e que o produto ou serviço entregue.

Fiscalização frouxa

Com a mistura da frouxidão nas fiscalizações e a falta de pessoal para examinar as 20 mil notas, em média, apresentadas por mês para fins de ressarcimento pela CEAP (cota para o exercício da atividade parlamentar), a Câmara é incessantemente interpelada pela OPS (Operação Política Supervisionada) para que explique o motivo de ter ressarcido
indevidamente um parlamentar por despesa que não poderia ter sido paga com dinheiro público.

Recentemente o deputado Wellington Roberto (PR-PB) quitou o parcelamento que fez para devolver ao erário R$ 198 mil indevidamente utilizados no posto de combustível do irmão, o que fez com que a OPS, que exigiu mais esta devolução do dinheiro, alcançasse a marca de R$ 5,95 milhões de dinheiro público economizados.

O levantamento

O levantamento de gastos foi feito utilizando o site da OPS, que é alimentado pelas APIs da Câmara e do Senado, e que mostra que não há economia quando o assunto é gastar o dinheiro público sem licitação.

Como dito acima, está incluso na CEAP (comumente chamada de verba indenizatória) o custo de deslocamento aéreo do parlamentar entre o seu estado e Brasília, o que faz com que parlamentares da região Norte gastem mais com essa despesa devido ao alto custo das passagens aéreas, inflando assim o montante.

Para evitar distorções, a lista abaixo desconsiderou gastos com passagens aéreas, até mesmo aquelas de trechos diferentes de Brasília – estado do deputado – Brasília.

Veja quem são os 10 mais gastões da legislatura passada

10º lugar

Wilson Filho (PTB-PB)
Não se reelegeu
Gastou R$ 1.771.150,54

9º lugar

Cleber Verde (PRB-MA)
Reeleito
Gastou R$ 1.778.980,87

8º lugar

André Abdon (PP-AP)
Reeleito
Gastou R$ 1.786.290,16

7º lugar

Vicentinho Júnior (PR-TO)
Reeleito
Gastou R$ 1.789.979,70

6º lugar

Abel Mesquita Jr. (DEM-RR)
Não se reelegeu
Gastou R$ 1.817.794,02

5º lugar

Josi Nunes (Pros-TO)
Não se reelegeu

Gastou R$ 1.821.182,53

4º lugar

Remídio Monai (PR-RR)
Não se reelegeu

Gastou R$ 1.837.925,26

3º lugar

Jhonatan de Jesus (PRB-RR) 
Reeleito
Gastou R$ 1.857.215,77

2º lugar

César Halum (PRB-TO)
Não se reelegeu

Gastou R$ 1.920.228,79

1º lugar

Augusto Coutinho (SD-PE)
Reeleito
Gastou R$ 2.032.185,74

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.