A “obra” do homem pelado sendo tocado por uma criança


Sobre esta “performance” do artista Wagner Schwartz, eu digo que boa ou ruim, bonita ou feia, degustável ou intragável, arte é arte.

Esta é mais uma apresentada no Museu de Arte Moderna (MAM), em São Paulo e que, segundo o próprio museu, ocorreu em sessão fechada para convidados. Ainda, de acordo com o museu, todos os presentes sabiam que o artista estaria nu.

Sendo assim, eu não vejo o menor problema do artista querer se apresentar sem roupa e ainda permitir ser tocado. Da mesma forma, os convidados que se fizeram presentes no evento não foram lá sob ameaça ou tortura, mas sim com as próprias pernas e portanto, não podem reclamar do que viram.
Quanto à nós, cabe apenas divagar sobre o assunto, uma vez que somos livres para nos expressarmos, assim como é também o artista Wagner Schwartz.

Mas a coisa se complica quando uma criança interage com “a obra”. Será mesmo que a mãe achou válido que sua filha apalpasse o corpo desnudo de um homem desconhecido? Será que ela achou que aquilo contribuiria para o crescimento intelectual de sua filha?

Bichos, da artista: Lygia Clark – criação 1965

Eu não perderia meu tempo para ver uma performance daquelas, até porque se tentou reproduzir a obra “Bichos” da artista Lygia Clark que sim, é muitíssimo interessante, mas que se trata de um aparato metálico com articulações em que o público pode manusear, dando formas diferentes à obra. Mas trocar o objeto por um homem pelado me parece uma grande jogada de marketing do artista, o que parece ter dado certo.

Em resumo, digo:

1 – todos somos livres para pensar, falar, criar e criticar
2 – não podemos ditar o que é e o que não é arte, podemos apenas gostar ou não
3 – a performance é de muito mau gosto, mas é arte
4 – a mãe da criança deveria ser intimada pela justiça para explicar o que diabos ela foi fazer lá com a filha, e pior, por ter consentido que ela tocasse no homem nu;
5 – o artista foi genial em seu marketing
6 – a imagem abaixo também é arte (acabei de fazer no Corel Draw)

 

Um comentário sobre “A “obra” do homem pelado sendo tocado por uma criança

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s