Rollemberg propõe criação de instituto para gerir Hospital de Base do DF


O governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg (PSB), entregou à Câmara Legislativa nesta terça-feira (14) o projeto de lei que autoriza a criação do serviço social autônomo Instituto Hospital de Base do Distrito Federal.

Caso o projeto seja aprovado pelos deputados distritais, o Hospital de Base – que é o maior do DF – terá uma gestão nos moldes da Rede Sarah, considerado referência nacional em traumatologia. Na prática, será mantido pelo governo, mas com regime autônomo para realizar compras, fechar contratos e contratar servidores sem as burocracias vigentes no poder público.

A proposta, uma promessa de campanha do governador, é considerada a única saída viável para enfrentar a crise no sistema de saúde brasiliense. “A autonomia ao Hospital de Base vai trazer agilidade no atendimento à população. Esperamos que o novo modelo, fruto de discussões com o Conselho de Saúde, seja referência para todo o país”, disse Rollemberg.

O texto encaminhado à Câmara prevê a criação de um instituto com quadro de funcionários próprios, ainda que com 100% de recursos públicos. O atendimento seguirá gratuito para a população, por meio do Serviço Único de Saúde (SUS). A estrutura do instituto vai contar com um conselho de administração, presidido pelo secretário de Saúde, e outros oito conselheiros, quatro deles indicados pelo governador.

O Hospital de Base teve receita de R$ 10,2 milhões no primeiro trimestre de 2016. Os custos médios mensais do mesmo período atingiram R$ 48,6 milhões. Desse montante, 76,45% – ou R$ 37,2 milhões – foram gastos com despesas de pessoal.

Unidade de referência distrital, o Hospital de Base tem atuação voltada principalmente para o tratamento ambulatorial, hospitalar e de emergência, distribuída em especialidades clínicas, cirúrgicas, diagnósticas, assistência multidisciplinar e enfermagem.

São 548 leitos de internação, 82 de unidade de tratamento intensivo e 121 de pronto-socorro, além de 115 consultórios de ambulatórios. Um total de 3.512 servidores trabalha no hospital.

POR GABRIEL PONTES

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s