Citado na Lava Jato, Eduardo Braga será o relator da indicação de Moraes na CCJ


O senador Eduardo Braga (PMDB-AM) foi escolhido o relator da indicação do ministro da Justiça Alexandre de Moraes para o Supremo Tribunal Federal (STF) na Comissão de Constituição e Justiça do Senado (CCJ). Braga foi indicado pelo próprio partido, que tem esse direito por ser a maior bancada da Casa.

Eduardo Braga foi citado em depoimento de ex-executivos da construtora Andrade Gutierrez no âmbito da Operação Lava Jato. Os delatores afirmam ter pagado propina ao senador quando ele foi governador do estado de Amazonas.

A expectativa, segundo o presidente do Senado, Eunício de Oliveira (PMDB-CE), é que a sabatina de Alexandre de Moraes na CCJ aconteça no dia 22 de fevereiro. O relator, porém, ressaltou que pretende apresentar o relatório até a primeira semana de março. “Não houve pedido de urgência”, afirmou Braga.

Logo após ser indicado relator, Eduardo Braga adiantou o tom do relatório que apresentará sobre Moraes – favorável à indicação. “Ele é um constitucionalista reconhecido, com experiência no poder público e boa formação jurídica”, afirmou o senador. “A experiência na segurança pública será importante para o STF”, concluiu.

Braga comentou também a ligação de Moraes com o PSDB, partido no qual o ministro é filiado. “Na história do Supremo Tribunal Federal há precedentes importantes, como os ministros Dias Toffoli e Gilmar Mendes, que tiveram participação no governo, mas não deixam de ser independentes”, analisou.

POR GABRIEL PONTES

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s