Deputado quer desestimular masturbação juvenil


A ignorância de eleitores e eleitos é uma constante nos pleitos que se sucedem no país. Votar porque o candidato é bonito ou bonita, por ser evangélico, pagodeiro ou palhaço, ou até porque “rouba, mas faz”, compromete a qualidade daqueles que terão quatro anos pela frente para representar pessoas nas casas legislativas ou para administrar municípios pequenos, médio ou grandes.

frases_sensuaisUm exemplo claro de um desses eleitos é o pastor e cantor gospel Marcelo Aguiar (DEM-SP). Ele colocou parte de sua irracionalidade no Projeto de Lei Nº 6449/2016 que prevê a “filtragem”, pelas operadoras, de conteúdo pornográfico na internet para evitar o “excesso” de masturbação.

Segundo o deputado federal em segunda legislatura, os jovens estão se masturbando demais. Na justificação do projeto ele replica parte do estudo realizado pela sexóloga Carmita Abdo, da UPS, que explica a prática da masturbação durante a fase jovem dos indivíduos. Segundo ela, os masturbadores contumazes são chamados de autossexuais, ou seja, pessoas que sentem mais prazer em fazer sexo solitário que o proporcionado pelo método tradicional. “A pornografia veio substituir a prática sexual com outra pessoa, porque mesmo uma garota de programa tem um custo”.

Ainda que o tema esteja envolto em tabus milenares, o sexo solitário, ou com pessoas do mesmo sexo, ou com prostitutas ou ainda, com a(o) filha(o) do pastor da igreja da esquina é uma questão íntima de cada um. Além disso, o fato de querer impedir o livre acesso a um determinado tipo de conteúdo publicado na internet é irracional, ineficaz e uma demonstração clara de tentativa de cercear a liberdade do cidadão que possui, apenas ele, o poder de escolher o que deve ser assistido e o que deve ser ignorado.

Mesmo para as crianças, a responsabilidade do que elas podem ou não ver ou fazer é dos pais e não do Estado.

Se o parlamentar deseja “filtrar” conteúdos pornográficos por serem ofensivos ou impróprios aos jovens, então que ele proíba o horário eleitoral gratuito, as publicações nos diversos veículos de comunicação que mostram as maracutaias, roubalheiras e imbecilidades protagonizadas por políticos, inclusive os da bancada evangélica que querem fazer com que suas crenças e mentalidade da idade média sejam impostas à nós goela a baixo.

Veja também…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s