Primeiramente….o que há no apartamento de Geddel?


la-vue-piscina

Vista da piscina privativa da cobertura do La Vue, a mais de 100 metros de altura, para a Baía de Todos-os-Santos

Você já parou para pensar o quanto de tarefas diárias e importantes tem o presidente de um país? E se este país for o Brasil? Quantas horas-extras ele deverá fazer para dar conta do recado?

O atual presidente Michel Temer parece conseguir gerenciar muito bem o seu tempo. Se tivéssemos que compará-lo a um ditado, certamente seria: “chupa cana e assobia ao mesmo tempo”. Isso porque ele consegue abrir brechas em sua agenda para “acudir” um amigo em apuros!

As brechas foram abertas para que o libanobrasileiro Temer intercedesse em favor do amigo, o suíno Geddel Vieira Lima, junto ao agora ex-ministro da Cultura Marcelo Calero em relação à licença de construção de um luxuoso prédio na Barra, em Salvador. O faraônico edifício está projetado para ter 106 metros de altura, 24 andares, um apartamento por andar de 259m² e na cobertura, um duplex medindo 450m².

Dois pavimentos do prédio são reservados para área de lazer e outros três, para garagem. O espaço de lazer inclui piscina de adulto com raia de 20 metros, deck molhado, piscina infantil, quadra, espaço gourmet, fitness com vista para o mar, spa, salas de massagem, sauna e jogos, brinquedoteca, bar, entre outros ambientes. Na cobertura, há piscina privativa, no primeiro andar do duplex, e elevador exclusivo para o segundo piso.

Projeto do salão de festas do edifício

O caso, já divulgado amplamente pelos meios de comunicação do país fez brotar uma dúvida sobre as reais intenções do presidente Temer. O que de tão importante há no tal empreendimento baiano para que um presidente da república atropelasse compromissos oficiais em detrimento do pedido de socorro de um amigo?

Não se trata aqui de uma Suíça ou Noruega. Se trata do Brasil que tem mais de cem empresas estatais; tem bancos públicos, inúmeras autarquias e fundações, uma administração direta com mais de 2 milhões de pessoas, tem mais de 200 milhões de habitantes, sendo 12 milhões sem emprego, e ainda, um PIB de 2,2 trilhões de dólares.

Lidar com todos esses números requer a qualquer presidente, dedicação exclusiva e muitas horas de trabalho por dia. Mas, para Temer, as tarefas são ainda maiores. Ele precisa ainda organizar as contas públicas, resgatar a credibilidade do governo, segurar a inflação que chegou a mais de 10% no ano passado, a maior em 13 anos, ter um bom diálogo com o Congresso Nacional para que consiga governar e mais algumas centenas de atribuições que fica até difícil listar todas aqui.

Diante de tantas atribuições, tarefas e responsabilidade, ainda assim Michel Temer encontrou tempo em sua agenda para se reunir duas vezes com Marcelo Calero para tratar do assunto do apartamento do Geddel. Não se tratou de assuntos institucionais e sim, pessoal. Usar o local e o horário de trabalho para tratar de assuntos pessoais, e de terceiros é realmente muito estranho.

Será que estamos assistindo ao começo da queda de Temer à frente do governo federal?

Participe da enquete:

3 comentários sobre “Primeiramente….o que há no apartamento de Geddel?

  1. Todos sabem q/ o plano do PSDB foi:
    1º-Derrubar Dilma p/ colocar Temer TEMPORARIAMENTE no seu lugar enquanto aguarda terminar o 2º ano do mandato de Dilma e EVITAR uma nova eleição DIRETA. Ele só pode ser derrubado a partir de 1º de janeiro.
    2º-DERRUBAR Temer no início do 3º ano p/ ter nova eleição, mas INDIRETA. P/ eles colocarem na presidência quem eles quiserem.
    Temer Ñ passa de janeiro de 2017

    Curtir

  2. Não! Ele só fica no máximo até final de janeiro, talvez por uma divergência tucana ele fique até o começo de fevereiro, é esse o tempo que os camisas amarelas da CBF voltarão as ruas pedindo a saída dele, desta forma se apregoará, “que foi pela força e vontade do povo”; seja de que modo for; É nesse ponto que começa a segunda fase do golpe de estado, que é as eleições indiretas. O que está me casando estranheza é que a tucanada antes blindada pela mídia dominante, começa pontualmente ser limada algumas das principais liderança tucana, como por exemplo: o ministro Serra, em seguida o senador Aécio e mais recente o governador Alckmin; Será que o candidato é FHC ou o Doria?

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s