Relação entre Renan e lobista será tema de novo depoimento de Delcídio, diz jornal


O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), será alvo do próximo depoimento prestado pelo ex-senador Delcídio do Amaral (MS) à Procuradoria-Geral da República. O ex-líder do governo Dilma no Senado detalhará a relação entre o peemedebista e o lobista Milton Lyra, apontado por delatores da Lava Jato como operador de Renan no esquema de desvio de recursos do Postalis, o fundo de pensão dos Correiros. A data do novo depoimento de Delcídio ainda não foi definida, segundo informações da coluna Painel, do jornalFolha de S.Paulo.

O ex-diretor de Relações Institucionais do Grupo Hypermarcas Nelson Mello afirmou em sua delação premiada que pagou R$ 30 milhões a dois lobistas com trânsito no Congresso para efetuar os repasses. Lúcio Bolonha Funaro e Milton Lyra seriam os responsáveis por distribuir o dinheiro para senadores, entre eles Renan Calheiros, Romero Jucá (RR) e Eduardo Braga (AM). Os senadores negam qualquer tipo de recebimento de vantagens indevidas.

Mello depôs em fevereiro, pouco antes de deixar o cargo que ocupava na Hypermarcas. Segundo ele, Lucio Bolonha Funaro se dizia “muito próximo” do ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e de outros deputados peemedebistas. Milton Lyra, por sua vez, afirmava agir em nome dos senadores “da bancada do PMDB” que teriam sido destinatários da maior parte da propina.

POR CONGRESSO EM FOCO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s