Política

Preso por corrupção, ex-vice-governador do DF faz rifa de R$ 1 mil


Preso desde o dia 9 de março, o ex-vice-governador do Distrito Federal Benedito Domingos alega dificuldade para pagar seus advogados de defesa. Para ajudar nas despesas jurídicas, familiares e amigos do político estão vendendo rifas para o sorteio de dois carros zero quilômetro, um Fiat Palio 2015/2016 e um Fiat Uno 2015/2016, ambos modelos com duas portas. Cada bilhete para concorrer aos prêmios custa R$ 1 mil e é oferecido via telefone e WhatsApp para empresários e políticos brasilienses. Benedito cumpre pena de nove anos e oito meses de prisão pelos crimes de corrupção passiva e fraude em licitação. Ele foi o primeiro político a ser preso após o Supremo Tribunal Federal (STF) firmar o entendimento de que a punição deve começar a ser cumprida após a condenação em segunda instância.

Não se sabe quanto foi arrecadado, mas centenas de empresários e políticos do DF já compraram a rifa para ajudar Bené (como Benedito é conhecido na cidade) e participar do sorteio. Entre eles, os ex-senadores Lindberg Cury, que foi presidente da Associação Comercial do Distrito Federal (ACDF), e Gim Argello, preso no âmbito da Operação Lava Jato desde 12 de abril, na fase batizada de “Vitória de Pirro”. Também vai concorrer ao sorteio dos carros a ex-vice-governadora do DF Maria de Lourdes Abadia. A maioria dos participantes da campanha nasceu ou costuma frequentar a cidade de Taguatinga, onde Benedito sempre militou e chegou a ser administrador regional.