Protestos contra o impeachment fecham mais de 30 rodovias e avenidas


Manifestantes contrários ao impeachment da presidente Dilma Rousseff bloquearam mais de 30 rodovias e avenidas em nove estados brasileiros. Batizada de ‘Trancaço contra o golpe’, a manifestação foi promovida pela Frente Povo Sem Medo, que defende a permanência de Dilma no poder.

Em São Paulo, estado mais atingido pelas manifestações, mais de 500 km de engarrafamento foram contabilizados devido aos 11 bloqueios organizados pelo Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) em vias de grande movimentação na capital paulista.

“O nosso objetivo é dizer não ao golpe e defender o direito à moradia”, justificou Naidê Barreto, uma das coordenadoras do MTST, à frente do ato que durou cerca de uma hora na marginal Pinheiros, próximo à ponte do Socorro, na zona sul de São Paulo.

Além de protestarem contra o processo de impeachment da presidente Dilma, os manifestantes defendem a manutenção dos direitos sociais, que, de acordo com eles, ficarão diretamente ameaçados em um eventual governo de Michel Temer.

Ainda foram identificados bloqueios de estradas nos estados do Rio Grande do Sul, Paraná, Rio de Janeiro, Pernambuco, Ceará, Goiás, Minas Gerais e Distrito Federal.

POR CONGRESSO EM FOCO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s